Outubro « 2009 « Agile Way
20 de Outubro de 2009

NUMMI, uma história de sucesso chega ao fim

Nummi - www.agileway.com.br

A crise mundial gerada pela bolha imobiliária americana está acabando com uma das histórias mais bacanas sobre as diferenças entre uma cultura orientada ao “comando e controle” e uma cultura orientada a princípios que o AGILE sugere. Em março de 2010, a montadora NUMMI irá encerrar suas atividades.

Há 25 anos atrás, em 1984, surgia a joint-venture entre a General Motors, americana, e a Toyota, japonesa, dando origem à New United Motor Manufactoring (NUMMI), em Fremont, California. Você conhece a história? Este artigo irá trazer um apanhado geral sobre essa curiosa história de sucesso, no mercado automobilístico.

Continue lendo »

15 de Outubro de 2009

Algumas revistas que você deve ler

Falar de leitura em papel, hoje em dia, já está se tornando quase uma heresia. Porém, enquanto não inventarem um Kindle que de fato valha a pena, ainda nada irá me tirar o prazer de ler num sofá, numa rede, na cama…

Então aqui vão algumas revistas que eu recomendo que você leia, focando na área de gestão/tecnologia :) Continue lendo »

9 de Outubro de 2009

O erro das motivações erradas

Dizem que trabalhar é só ganhar dinheiro. Outros dizem que trabalhar é se auto-realizar. Ainda alguns dizem que é fazer o que gosta (cuidado com essa!). Existe uma verdade definitiva sobre isso? O que motivaria um voluntário, então?

Este texto a seguir é da minha amiga e ex-colega Mariana Freitas. Vale a pena ler e refletir. Continue lendo »

6 de Outubro de 2009

Trabalho em grupo vs. trabalho em equipe

teamwork - www.agileway.com.br

Na escola, na faculdade, no MBA e até nas empresas é comum escutarmos a expressão “trabalho em grupo”.  Será que as pessoas que usam esta expressão realmente sabem o que é trabalhar em grupo? Ou está faltando, de fato, pensar no trabalho em EQUIPE? Continue lendo »

5 de Outubro de 2009

O caso France Telecom

A companhia de telecomunicações da França foi assolada por 24 suicídios de funcionários, que atribuiram o clima da empresa como principal motivação para os seus atos desesperados.

Nunca a cultura organizacional, somada a cultura do país, foi posta à prova de forma tão evidente. Continue lendo »